Com automação do sistema de HVAC, Shopping Plaza Macaé espera reduzir em até 20% consumo de energia elétrica

Inaugurado em 2008, o Shopping Plaza Macaé oferece diversas lojas, restaurantes, hipermercado, ampla praça de alimentação, opções de lazer e modernas salas de cinema stadium. Com 28 mil m² de área total construída e 22.955 m² de área bruta locável, o empreendimento conta ainda com projeto arquitetônico que privilegia a iluminação natural, além de climatização e estacionamento com 1.139 vagas. Desde agosto de 2012, a administração e a comercialização do Shopping Plaza Macaé é de responsabilidade da brMalls, maior empresa integrada de shopping centers do Brasil.

O Plaza Macaé não tinha nenhum sistema de automação e era baixa a qualidade na climatização, tanto em consumo quanto em conforto térmico. Para automatizar o sistema de HVAC, melhorar o conforto térmico e reduzir o consumo de energia elétrica, a brMalls recorreu a Johnson Controls.

A multinacional instalou dois computadores e quadro de comando para controlar a CAG, modulando as bombas, torres e chillers. Além disso, o shopping fez um aditivo para instalar atuadores nas linhas de água gelada (AG) e Ar Condicionado para fechar e abrir as válvulas dependendo de qual e quantos chillers estão operando. O sistema também modula a abertura da válvula duas vias dos fancoils de acordo com a temperatura do ambiente a ser refrigerado, controlando a vazão de AG.

O sistema de controle inteligente da Johnson Controls prioriza a eficiência, sem deixar de lado o conforto térmico dos usuários do shopping. “O estudo ainda está sendo feito, mas estima-se uma redução de até 20% em comparação ao custo anterior, sem contar a melhoria operacional”, acrescenta Fernando Gonçalves, executivo de contas da Johnson Controls.

“Ainda estamos fazendo alguns ajustes, mas já tivemos o benefício de operar a CAG e as casas de máquinas em automático, obedecendo aos horários sem falha humana em atrasar o horário de ligar ou até mesmo desligar. A automação também está ajudando a manter a temperatura do mall dentro dos padrões da auditoria de qualidade, modulando os equipamentos de acordo com a carga térmica e a temperatura ambiente”, finaliza Rafael Pedrosa, analista de operações do brMalls.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *